sábado, 19 de fevereiro de 2011

Quem cuida vive pensando

Profª Jane Haddad me perguntou pelo twitter: "@gperisse e a etimologia da palavra 'cuidado'? Preciso de uma luz, e quem foi o primeiro filósofo a falar sobre o cuidado (care)?"
Jane, talvez a etimologia nos leve ao primeiro filósofo-falante... ou ao primeiro falante, que certamente foi filósofo!
A nossa palavra "cuidado" procede do latim cogitare, "pensar", "conceber", "preparar". Passou por várias transformações. Em um dado momento, no antigo italiano, foi coitare. No português arcaico, tínhamos cuydar, provavelmente antecedido por um *cugitare. No antigo francês, existia o verbo cuider, hoje em desuso... talvez por descuido?

Indo mais longe, é preciso lembrar que o latim cogitare decompõe-se em co + agitare. Agitare era a insistência do agere ("agir"). Das tarefas mais físicas do agir chegou-se ao agir do espírito. A expressão agitare mente significava "mover no espírito", caminhar no pensamento, direcionar ideias, andando com elas.

4 comentários:

Jane Patricia Haddad disse...

Caro Perissé, que super explicação, estou em fase de escrita da minha dissertação. Meu objeto a principio: As contribuições da noção de CUIDADO para pensar a Disciplina na Educação Contemporânea.Vou tentar desenvolver em cima da sua explicação.Até o momento que venho pesquisando sempre caio na saúde, nos cuidados com o paciente... E também em Gilligan que escreve sobre a Ética do Cuidado, gostaria de poder trocar mais idéias com você.
ps:Acabei de voltar de Parnaíba -PI, fiz um trabalho com aquele povo maravilhoso, e já estão a mil com sua ida para lá! Você irá adorar. Um grande abraço, Jane P. Haddad

Gabriel Perissé disse...

Fico feliz com as notícias! Espero ter ajudado.

Anônimo disse...

Postagem pensativa neste blogue, reflexôes deste modo dignificam aos que analisar nesta página :)
Dá muito mais do teu web site, aos teus amigos.

Anônimo disse...

Então bonita este espaço está muito desenvolvido.........boa:)
Gostei muito faz mais posts assim !