segunda-feira, 9 de julho de 2012

Uma rima não é boa pista etimológica

Circulam na web etimologias fantasiosas que nos fazem pensar (e divulgar!) que a palavra "aluno" tem a ver com "falta de luz", ou que "religião" remete à ideia de religação entre a terra e o céu. Semelhanças fonéticas não garantem verdades etimológicas.

Já li em mais de um lugar virtual que "mágoa" provém de "má água", uma água nociva, podre. Guardar mágoa seria reter na memória sentimentos que envenenam por dentro. Não quero magoar ninguém com esta postagem, mas apesar da sugestiva rima "água-mágoa" (que Chico Buarque canta em Gota d'água)... a conclusão etimológica é absolutamente falsa!

A palavra "mágoa" vem do latim macula, e inicialmente tinha o mesmo sentido da antiga palavra: "mancha", "nódoa", "erro", "defeito". No contexto cristão, significava "pecado": um bom cristão deve apresentar-se sem mágoa diante do tribunal de Deus...

"Mácula", com a mesma origem, contém esses mesmos significados ligados a impureza e desonra. (Basta lembrar que Maria Imaculada é aquela que jamais pecou pois nasceu sem mácula alguma.) O curioso é que "mágoa" foi mais além, e passou a designar também "desgosto", "tristeza", "amargura".

Uma pessoa magoada é aquela que sofre as consequências dos erros dos outros, das ofensas que outros lhe fizeram, dos equívocos alheios, das máculas produzidas pelo comportamento grosseiro de alguém.

5 comentários:

Leandro Paiva disse...

Gabriel, boa noite. Dedico boa parte do meu tempo à pesquisa sobre aspectos biológicos e culturais sobre Lutas, tendo, inclusive, escrito um livro sobre o assunto. Estou em busca da etmologia, dentro do meu segmento da (s) palavra (s): "Lutas", "Artes Marciais" e "Modalidades Esportivas de Combate". Poderia, por obséquio, me ajudar? Formalmente o citarei como referência. Atenciosamente, Leandro.

Solineide Maria disse...

Mágoa é um pouco, sentir pena de si... Sempre amo suas empreitadas "pesquisísticas".
Um abraço!

Gabriel Perissé disse...

Olá, Leandro, veja aqui --:> http://palavraseorigens.blogspot.com.br/2012/07/lutar-com-palavras.html

Abraço!

Anônimo disse...

Há, obviamente, muito para saber sobre isso. Eu acho que você fez alguns bons pontos de recursos também. Continue trabalhando trabalho, ótimo!

Luis Bonello disse...

Muito bem, gostei de tudo que li, más, ainda tenho uma dúvida.Alguém já ancião na idade disse ter lido em um dicionário (não o perguntei, qual?)Referia-se a acúmulo de poeiras que ao receber umidades se transformava em um sedimento duro, rígido qual concreto.Dai dizer que a mágoa no coração representa insensibilidade, dureza, etc. Verdade ou Mito? Grato pela atenção.