quinta-feira, 22 de agosto de 2013

O obeso era magro

A palavra "obeso" vem do latim obesus, que significava "devorado", "comido", proveniente do verbo obedere ("comer demais"). Chamar alguém de obeso era dizer que estava muito magro, como se tivesse sido devorado por dentro (pela doença, por exemplo). 

Talvez tenha sido a ironia o que levou a palavra a significar o seu contrário. Nesta hipótese, a prática brincalhona de chamar o magro, isto é, o obeso, de gordo ("e aí, você está gordinho, hein?") levou a essa mudança de sentido. Estaríamos diante de um exemplo típico do que dizia Goethe: "toda palavra desperta o seu antônimo".

O processo em que o termo "obeso" passa a indicar quem tem obesidade pode ser comparado ao de outras palavras: "viajado", em lugar de "viajante", é quem viajou muito; "lido", em lugar de "leitor", é aquele que já leu muito.

3 comentários:

Anônimo disse...

Muito legal o site! notei algo interesante... na verdade, não faz sentido quando você diz: "a prática brincalhona de chamar o magro de gordo ("e aí, você está obeso, hein?") levou a essa mudança de sentido...". Se o magro era o obeso, então, chamar o magro de obeso é igual a chamar o magro de magro. Então não há ironia.
O correto seria dizer: "a prática brincalhona de chamar o gordo de obeso...".. Abraços!

Gabriel Perissé disse...

Tem razão, Anônimo... vou corrigir. Obrigado!

António Jesus Batalha disse...

Cheguei ao seu blog e fiquei entusiasmado, pois foi feito com muita graça, e com muito entusiasmo.
Gostei do que vi e li, e achei um blog fantástico, onde se aprende muito.
Sou António Batalha, do blog Peregrino E Servo, se me der a honra de o visitar ficarei grato.
PS. Se desejar faça parte dos meus amigos virtuais,decerto que irei retribuir,
seguindo e divulgando seu blog.
Desejo-lhe muita saúde muita paz e grande felicidade, e também um Feliz-Natal.