segunda-feira, 9 de agosto de 2010

O recheio da farsa

Estive no simpático programa de Gilmar Lopes, E-farsas.com, para conversar sobre etimologia.

E a palavra "farsa", que recebemos do francês farse, termo precedido por *farsa, do latim popular, remete ao ato de contar uma pequena história. Retrocedendo um pouco mais, chegamos ao verbo do latim clássico farcire, "rechear", "preencher", "engordar".

Quando inventamos uma história (uma farsa...), recheamos o tempo, no teatro ou na vida (e a vida não deixa de ser uma peça teatral).

A entrevista está aqui, na íntegra:

2 comentários:

E-farsas disse...

Boa! Fiquei pensando em lhe perguntar sobre a palavra "farsa". Parabéns pelo excelente trabalho e muito obrigado pela entrevista!

Enilton Grill disse...

Muito bom...e necessário

Parabéns

eniltonamericasgrill.blogspot.com